Buscar

Carro movido a hidrogênio pode quebrar recorde de velocidade em terra

Atualizado: Jul 30




Guilherme Preta, editado por Matheus Luque


Engenheiros do British Bloodhound Land Speed Record querem bater a marca de 1.287 km/h

Os engenheiros responsáveis pelo veículo supersônico British Bloodhound Land Speed Record (LSR) vão apostar na energia de hidrogênio para a próxima tentativa de bater o recorde de velocidade em terra, que é de 1.287 km/h. A equipe planeja alimentar o foguete com peróxido de hidrogênio concentrado. Tudo que vai sair do carro será água e oxigênio.


Segundo os engenheiros, o combustível vai ser bombeado a pressões muito altas em uma tela de prata. Quando entra em contato com o material, se separa em vapor superaquecido a 600 graus. “O vapor e o oxigênio são forçados através de um bico para gerar impulso”, disse à equipe. O LSR também vai abandonar os motores de combustão V8 em favor dos elétricos. A nova tecnologia ainda vai ser muito explorada nos 18 meses que antecedem o próximo teste, no segundo semestre de 2021.


O Bloodhound foi anunciado há 10 anos visando quebrar a marca de velocidade para veículos terrestres. Em 2018, a empresa que apoiava o projeto entrou em processo de falência e a iniciativa foi encerrada. Pouco depois, um empresário inglês comprou os direitos do projeto e o reabriu. No primeiro teste após a volta, o veículo atingiu 806 km/h.


Via: The Next Web.


#ferrovia #rodoferroviario #tecnologia

0 visualização
  • Instagram
  • Facebook ícone social